segunda-feira, 12 de julho de 2010

HEMORRÁGICO AMOR


HEMORRÁGICO AMOR
Milene Sarquissiano

Será à mesa da tua fartura que matarei a fome
do conhecimento e lamberei o prato da sabedoria?

Em que pé de vento calçarei a serenidade furacônica
das minhas tempestades mais levianas?

Qual livro ousará revelar os romances tórridos que
eu nunca tive e as doenças que cultivei em segredo?

Em que mar de lama meus olhos azuis plantarão rosas
e colherão valentes violetas, cheirando à sarjeta?

Que estrela fecundará em seu ventre as ideias que
lancei no ópio da noite, entorpecido pelo êxtase lunar?

Quantos bêbados vomitarão suas poesias tontas
na boca do estômago das minhas horas insones?

Em que barco naufragará a tristeza da minha alma
que me afoga e afunda, em terra firme e de ninguém?

Quantas folhas tombarão no outono dos meus olhos
revelando a paisagem pardacenta das minhas retinas?

Em que túmulo jazerá o verso anêmico que sangrou
até a morte, em nome do nosso hemorrágico amor?

9 comentários:

  1. Muuuuuuuuuuito bom...muito bom mesmo...forte, escarrado...do jeito que gosto!!

    []s

    ResponderExcluir
  2. 'Em que túmulo jazerá o verso anêmico que sangrou
    até a morte, em nome do nosso hemorrágico amor?'

    Perfeito como um vestido costurado sob a pele.

    Quanto a palhacinha...ela ainda vive em mim e aparece nas horas mais inusitadas.

    Obrigada pelo carinho, não faz nem idéia de como é importante para mim.
    Não faz idéia mesmo.

    Beijos grande dama das palavras, sei que posso dizer que tive a oportunidade de conhecer um dos grandes expoentes da poesia atual.

    ResponderExcluir
  3. Lindíssimos, os últimos versos... então quer dizer que achou no meu blog as imagens do Segall... =)

    beijo grande

    ResponderExcluir
  4. Excelente texto!!!

    Parabéns, belo blog...

    PARABÉNS!!!

    Acesse:
    http://mailsonfurtado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Milene,

    Obrigado, pelos exagerados comentários que foste tão gentilmente fazer no meu blog.
    Mas claro, que me coloco um degrau abaixo de ti.
    Sua poesia é forte e é mulher.
    Parabéns..
    bjos.w

    ResponderExcluir
  6. lindo mesmo!!!!!!!!
    Obrigada pela comunidade..
    está no caminho certo, tens um excelente expoente (Begiato...
    Mas tem uma propreidade na hora de escrever...
    Leveza e sensualidade...
    Lindo!
    Gostei do blog, vou seguir...
    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Excelente texto Milene. Parabéns pelo Blog.
    Beijos, Neneca.

    ResponderExcluir
  8. oi Milene,

    Está na hora de deixar sua alma voar um pouco e postar aqui mais uma delícia.
    bjos.w

    ResponderExcluir
  9. Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
    Faça com que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir como se estivesse plena de tudo.
    Receba em teus braços o meu pecado de pensar.”

    Clarice Lispector

    Feliz Semana com amor e poesia.
    Beijos de coração prá coração! M@ria

    ResponderExcluir